Membros / Amigos

Conheça mais de nossas Postagens

Research - Digite uma palavra ou assunto e Pesquise aqui no Blog

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Eclesiastes 6.3 - Aborto! Expressamente Não!

ABORTO! 
Por que alguns tentam encontrar apoio bíblico onde não há?

Leiamos o texto a seguir: Muito importante ler o texto e o contexto!

O assunto aborto está em alta em nossos dias. Muitos são os debates a respeito do tema e as opiniões são variadas e divergentes. Em geral, a maioria dos cristãos não apoia a prática do aborto baseados nos preceitos da Bíblia Sagrada. Porém, de uns tempos para cá os defensores mais fervorosos da legalização do aborto têm buscado encontrar algum embasamento nos textos bíblicos para apoiar sua posição e desacreditar aqueles que dizem que a Bíblia prega contra o aborto.

O texto bíblico de Eclesiastes 6.3 seria uma aprovação bíblica para o aborto?

Um texto que alguns utilizam para tentar fazer com que a Bíblia seja favorável ao aborto é Eclesiastes 6. 3, que diz: “Se alguém gerar cem filhos e viver muitos anos, até avançada idade, e se a sua alma não se fartar do bem, e além disso não tiver sepultura, digo que um aborto é mais feliz do que ele;”
Bom, analisemos o texto em questão para ver se ele realmente apoia o aborto:

(1) Sabemos que na cultura judaica ter muitos filhos era visto como uma grande bênção de Deus (Salmos 127.3-5). É por ai que Salomão começa a sua analogia da hipótese de alguém que tem muitas bênçãos na vida, mas não é satisfeito e feliz. Observe que as analogias começam com a conjunção subordinativa condicional “Se”, que, nesse caso, indica que Salomão trabalhará uma hipótese. Essa hipótese é sobre alguém que mesmo tendo uma vida longa e muitos filhos (coisas que são consideradas grandes bênçãos na cultura judaica) não consegue se satisfazer (se fartar desse bem) por algum motivo, talvez pela avareza, pela ansiedade de sempre querer mais e mais, etc.; essa pessoa não tem uma vida abençoada e feliz de verdade por causa de seu coração duro e ingrato. Nesse sentido Salomão usa uma hipérbole, comparando um aborto como sendo mais feliz do que essa pessoa. Esse é o contexto do tema trabalhado por Salomão.

(2) O termo aborto usado por Salomão nesse texto, sozinho, não pode ser usado para basear e aprovar a prática do aborto defendido por muitos como sendo um “direito” da mulher em qualquer caso, já que a palavra “aborto” pode tanto apontar um aborto por livre vontade da mulher (por qualquer motivo que ela ache correto) quanto um aborto espontâneo e natural pela rejeição do corpo da mulher. É bem mais provável que o aborto que Salomão tinha em mente na sua citação seja aquele natural, onde o corpo da mulher expeli o feto por causas naturais, já que não era algo aceitável que as mulheres saíssem por ai fazendo abortos não naturais (nem naquela época nem na nossa).

(3) Em nenhuma parte do contexto Salomão está tratando do tema “aborto”. Ou seja, o foco nesse texto bíblico não é aprovar ou desaprovar o aborto, já que o tema em questão conforme foi exposto no ponto um é outro totalmente diferente. A palavra “aborto” é usada como parte da hipérbole para fortalecer a ideia de que até alguém que não conseguiu sequer nascer e viver é mais feliz do que alguém que não consegue se satisfazer com as bênçãos que Deus lhe dá em vida.

(4) Assim fica claríssimo que Eclesiastes 6.3 de forma alguma dá respaldo aos defensores do aborto. Dizer que esse texto apoia o aborto é uma falha de interpretação grosseira e até maldosa usada por muitos e que busca perverter o sentido da palavra de Deus e apoiar o pensamento da criatura ao invés do pensamento do Criador expresso nas páginas sagradas.

Texto de André Sanches - site Esboçando Ideias  
http://www.esbocandoideias.com 

Quer saber mais sobre o assunto:
- acesse o marcador Aborto
Aqui eu Aprendi!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O comentário será postado assim que o autor der a aprovação.

Respeitando a liberdade de expressão e a valorização de quem expressa o seu pensamento, todas as participações no espaço reservado aos comentários deverão conter a identificação do autor do comentário.

Não serão liberados comentários, mesmo identificados, que contenham palavrões, calunias, digitações ofensivas e pejorativas, com falsidade ideológica e os que agridam a privacidade familiar.

Comentários anônimos:
Embora haja a aceitação de digitação do comentário anônimo, isso não significa que será publicado.
O administrador do blog prioriza os comentários identificados.
Os comentários anônimos passarão por criteriosa analise e, poderão ou não serem publicados.

Comentários suspeitos e/ou "spam" serão excluídos automaticamente.

Obrigado!
" Aqui eu Aprendi! "

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...