Membros / Amigos

Conheça mais de nossas Postagens

Research - Digite uma palavra ou assunto e Pesquise aqui no Blog

sexta-feira, 4 de outubro de 2013

CASAMENTO - O Projeto de Deus

"e da costela que o senhor Deus lhe tomara, formou a mulher e a trouxe ao homem.
Então disse o homem: Esta é agora osso dos meus ossos, e carne da minha carne; ela será chamada varoa, porquanto do varão foi tomada.
Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne."
Gênesis 2.22-24

O projeto de Deus não pode acabar...

O que é o casamento?
Não é um mero contrato social nem um subproduto da cultura humana. O casamento é uma instituição divina e, como tal, deve ser devidamente considerado, conforme recomenda-nos a Palavra de Deus: “Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém aos que se dão à prostituição e aos adúlteros Deus os julgará” (Hb 13.4).

A natureza do casamento. O casamento é uma instituição estabelecida por Deus como parte de Sua criação. Trata-se de uma aliança monogâmica e heterossexual, comprometendo um homem e uma única mulher. 
E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; domine ele sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu, sobre os animais domésticos, e sobre toda a terra, e sobre todo réptil que se arrasta sobre a terra.
Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Gn 1.26,27

Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora que lhe seja idônea. Gn 2.18


E à mulher disse: Multiplicarei grandemente a dor da tua conceição; em dor darás à luz filhos; e o teu desejo será para o teu marido, e ele te dominará. Gn 3.16



De ambos, fez o Senhor uma só carne
"Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne." Gn 2.24

Logo, a união entre pessoas do mesmo sexo é abominação aos olhos de Deus
"Não te deitarás com varão, como se fosse mulher; é abominação." Lv 18.22

O matrimônio é a base da sociedade e, segundo a ordenança bíblica, não pode ser dissolvido: “Portanto, o que Deus ajuntou não separe o homem” Mt 19.6b

A única exceção para a dissolução de um casamento é aquela apontada por Cristo:
“Eu, porém, vos digo: quem repudiar sua mulher, não sendo por causa de relações sexuais ilícitas, e casar com outra comete adultério [e o que casar com a repudiada comete adultério]” Mt 19.9 - ARA



O casamento é uma instituição social de origem divina, fundada no princípio da raça humana, para dar origem e sustentação à família (Gn 2.22-24; Mt 19.4-6). Quanto ao ato, o casamento é um concerto, ou aliança, feito entre pessoas de sexos opostos — diante de Deus, da família, da igreja — de serem marido e mulher enquanto viverem (Ml 2.14).

"Respondeu-lhe Jesus: Não tendes lido que o Criador os fez desde o princípio homem e mulher, e que ordenou: Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á a sua mulher; e serão os dois uma só carne?
Assim já não são mais dois, mas um só carne. Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem." Mt 19.4-6

"Todavia perguntais: Por que? Porque o Senhor tem sido testemunha entre ti e a mulher da tua mocidade, para com a qual procedeste deslealmente sendo ela a tua companheira e a mulher da tua aliança." Ml 2.14



O casamento — a fase de união.
É a fase da união dos noivos. O bom casamento é mais do que uma união de corpos; é uma comunhão plena de duas pessoas por amor. “Unir-se-á à sua mulher” (Gn 2.24; Mt 19.5). Um bom casamento deve ser também a união de duas famílias.

O casamento — um estado digno e honroso (Hb 13.4).
Isto acha-se também em Salmos 107.41; Efésios 5.31. O fato de Jesus comparecer a uma festa de casamento em Caná da Galileia, e ali realizar o seu primeiro milagre, muito dignifica o casamento.

"Mas levanta da opressão o necessitado para um alto retiro, e dá-lhe famílias como um rebanho." Salmos 107.41

"Por isso deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e se unirá à sua mulher, e serão os dois uma só carne." Ef 5.31

O casamento — uma mudança de vida.
- O casamento como Deus o instituiu não muda nunca.
a) Gênesis 2.24. O casamento na sua gênese. “Deixará o homem seu pai e sua mãe e apegar-se-á à sua mulher, e serão os dois uma só carne”. Casar é passar a viver independente dos pais.

b) Mateus 19.5. O casamento nos dias de Cristo. O texto bíblico inicial não mudou nada. Casar é viver a dois indissoluvelmente.

c) Efésios 5.31. O casamento nos dias da Igreja. O texto bíblico inicial de Gênesis 2.24 em nada mudou, no sentido de tornar-se, vir a ser. Casar é um processo contínuo e dinâmico de adaptação e aperfeiçoamento conjugal. Quando da criação do ser humano, de um só (Adão), Deus criou os dois (Adão e Eva); no casamento, Deus, dos dois quer fazer um.

Propósito de Deus para o casamento.
- Alguns dos propósitos de Deus no casamento:
a) Felicidade em geral do casal.
“Bem-aventurado” (Sl 128.2); “seja bendito” (Pv 5.18a); “goza a vida” (Ec 9.9).

b) Companheirismo, intimidade e complementação mútua do casal
(Gn 2.18,24; 1Co 11.11)

c) Dar origem a novos lares. Novas famílias para a preservação da raça humana
(Mt 19.5).

d) Vitaliciedade (Mt 19.6).

e) Testemunhar de Cristo e da sua Igreja (Ef 5.31,32).


Deus instituiu o casamento para ser uma bênção. No entanto, precisamos obedecer ao Senhor, para que as suas promessas cumpram-se em nossas vidas. Não podemos esquecer os conselhos bíblicos quanto à vida conjugal.

Que a igreja esteja sempre atenta quanto à preservação dos valores familiares cristãos.

Invistamos no aconselhamento dos que estão para se casar e dos que já se casaram, para que nada venha prejudicar o nosso lar, e assim tenhamos condições de professar como Josué: “Eu e a minha casa serviremos ao Senhor”.


Assista o filme e deixe seu comentário!
Dê pausa na Radio Gospel (no topo da pagina) para ouvir o som do vídeo. 

Preserve a sua Família!


Fonte: E Deus Fez A Família. Estevam Ângelo de Souza, CPAD.
Orientações práticas para um casamento feliz. Davi Tavares Duarte, CPAD.
Lições Bíblicas CPAD 2º trimestre 2004
Lições Bíblicas CPAD 4º trimestre 2011
Aqui eu Aprendi!

5 comentários:

  1. Um filme triste mas bem real , isto mostra q se eu luto pelo meu casamento desde do dia em q me casei vou lutar ainda mais pois eu vejo mudança nele e claro q para melhor graças a Deus .......!!!!!!! Mas muito triste o filme !!!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Paz do Senhor! Fico muito feliz pelo seu comentário irmã Morgana! Realmente um filme bastante conscientizador e real!

      Excluir
  2. Pastor o roteiro deste vídeo é de um livro que eu já li,. Essa mulher sofreu durante 10 anos lutando contra um câncer sem que seu esposo soubesse e seu filho também. O mais engraçado Pastor, é saber o quanto essa mulher sofreu sozinha com esse mal, Para ele seu casamento já estava se esgotando mais não era. Tudo bem que ele tinha outra e queria se divorciar para ficar com a outra. Mas no outro mes ra o aniversário do sei filho ela pedio que deixasse passar o amiversário delçe, e lhe pedio outra coisa para todos os dias ele a carregar nos braços todos os dias como no dia do seu casamento, e ele fez o que ela havia lhe pedido. Mais a cada dia que ele a pegava sentia que ela estava mais leve, e ele contimuou a carregála e aos poucos ele foi sentindo o mesmo amor de antes, foi quando disse para a amante dele que não iria se divorciar da sua mulher porque todo amor desabrochou, ele voltou comprou um lindo buquê de flores e levou para ela, e chegando em casa teve uma surpresa, encontrou morta na cama de um câncer que ninguém sabia somente ela e seu médico.
    Pastor é uma história triste devido ao câncer que ela carregou sozinha, mas ao mesmo tempo ficou bem claro para muitos esposos que não procura saber nada sobre sua esposa, esistem esposo assim,

    ResponderExcluir
  3. Tive a oportunidade de assistir este vídeo no ano passado e confesso que chorei muito. Chamei o Domingos e assistimos juntos. Eu sempre investi no nosso casamento e, não tenho dúvidas que Deus é o autor dele. E, não canso de agradecer a Deus por nosso amor. Nossa história é muito bonita e continua sendo e, eu creio que só a morte nos separará.

    Obrigada, amigo, por mais esta oportunidade de uma riquíssima reflexão! Texto profundo!
    A Paz do Senhor!

    ResponderExcluir

O comentário será postado assim que o autor der a aprovação.

Respeitando a liberdade de expressão e a valorização de quem expressa o seu pensamento, todas as participações no espaço reservado aos comentários deverão conter a identificação do autor do comentário.

Não serão liberados comentários, mesmo identificados, que contenham palavrões, calunias, digitações ofensivas e pejorativas, com falsidade ideológica e os que agridam a privacidade familiar.

Comentários anônimos:
Embora haja a aceitação de digitação do comentário anônimo, isso não significa que será publicado.
O administrador do blog prioriza os comentários identificados.
Os comentários anônimos passarão por criteriosa analise e, poderão ou não serem publicados.

Comentários suspeitos e/ou "spam" serão excluídos automaticamente.

Obrigado!
" Aqui eu Aprendi! "

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...