Membros / Amigos

Conheça mais de nossas Postagens

Research - Digite uma palavra ou assunto e Pesquise aqui no Blog

segunda-feira, 3 de agosto de 2015

Quem seria o deus mamom?

"Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se transpassaram a si mesmos com muitas dores." 1Tm 6. 10

No Sermão do Monte, o Senhor Jesus foi mais do que explícito quanto ao correto uso das riquezas terrenas: "Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom" (Mt 6.24).
Não está aqui o Senhor dizendo que o crente não pode ter bens materiais. O que Ele deixa bem claro é que não podemos servir às riquezas como se estas fossem um ídolo. Mas delas devemos nos servir para adorar a Deus e amparar os mais carentes (1Jo 3.17).
"O dinheiro é como o adubo: só serve, quando espalhado". Frase de Francis Bacon. O que o genial filósofo inglês quis dizer é que, se o dinheiro não for usado a fim de promover o bem comum, não passará de um monte de esterco.
amor ao dinheiro desperta o lado mais primitivo do ser humano. Por dinheiro, as pessoas mentem, golpeiam, dissimulam, roubam, matam, etc. Por dinheiro os homens constroem impérios sem prestar atenção na pobreza estabelecida ao redor deles. Por dinheiro pessoas lucram através do suor do rosto alheio, apesar de a Bíblia dizer que o homem viveria do suor do próprio rosto. Enfim, o apego ao dinheiro é o elemento responsável por muitas tragédias humanas.
Como aprendemos na lição Jesus e o dinheiroo secularismo e o materialismo sempre rondaram o arraial cristão e, vez por outra, Mamon tem deixado suas marcas em nosso meio.
Quem era (é) MAMOM?
Os que se fazem servos do dinheiro não o têm apenas como senhor de sua vida, mas como o deus de toda a sua existência. É por isso que o dinheiro era visto pelos contemporâneos de Jesus como o abjeto Mamom, cujo nome provém de uma palavra aramaica que significa riqueza - man. Por conseguinte, Mamom é a riqueza que se opõe a Deus, e conscientemente ignora-lhe o senhorio.
Quem na verdade era Mamom? É provável fosse ele originário da mitologia caldaica. Alguns o identificam como o senhor das riquezas e o deus dos avaros. De uma forma ou de outra, o Senhor Jesus adverte-nos, e com energia o faz, a que não sirvamos as riquezas. Se o fizermos, estaremos desagradando a Deus. [1]

"Sobre o termo Mamon μαμωνᾷ “Mamonã” o mesmo aparece quatro vezes nos Evangelhos nas seguintes passagens: Mateus 6:24, Lucas 16:9,11 e 13 e todas as vezes com o sentido de riqueza, dinheiro, tesouro ou bens matérias.

O Termo em si vem da corruptela do aramaico do termo hebraico ממון, “mamon” que significa até hoje apenas “Dinheiro”, ou riquezas.

Portanto Mamon não é nenhum ídolo antigo, ao menos segundo diversas fontes históricas judaicas consultadas, mas sim apenas uma personificação do amor ao dinheiro, da cobiça e avareza, sendo algo físico desencadeador de um sentimento escravizador que por muito ser debatido tomou uma aura de uma divindade com poderes sobre as paixões humanas, pois isso Paulo escreve a Timóteo em 1 Tm. 6:10 “Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se transpassaram a si mesmos com muitas dores”. Paulo está mostrando o quanto o homem pode se deixar levar por tal sentimento de cobiça que o amor ao dinheiro pode causar, tanto que o homem que confia na força de seu braço para conquistar sua fortuna e depender dela se faz maldito (Jr. 17:5), desconsiderando a Soberania de Deus e a não ficando na dependência da provisão divina.

Quanto à traduções algumas vertem o termo de forma mais correta para riquezas, dinheiro ou tesouro e outras influenciada pelo entendimento de personificação de tal sentimento em forma de uma entidade, mantêm o Termo de Forma Nominativa como que se referindo a uma entidade, a Mamon." (extraído de JUDEU AUTÔNOMO resposta de Metushelach Ben Levy "מתושלח")

Não se deixando Dominar. Segundo a Bíblia é impossível servir a Deus e às riquezas ao mesmo tempo (Mt 19.23-26; Pv 16.5), porque o senhorio de Mamom é contrário ao de Cristo (Mt 6.24). Portanto, cada cristão deve examinar a si mesmo e perguntar: "Sou cobiçoso?" "Sou egoísta?" "Aflijo-me, perdendo a paz e o sono para ficar rico?" "Tenho intenso e incontido desejo de honrarias, prestígio, fama, poder e posição?" Já os que são ricos, não devem julgar-se como tal, e sim, como administradores dos bens de Deus (Lc 12.31-34, 42,43). Os tais devem ser generosos e fartos em boas obras (Ef 2.10; 4.28; 1Tm 6.17-19).[2]

A Bíblia não diz ser o dinheiro a raiz de todos os males, e sim o amor a ele. Quem o ama, coloca-o acima de Deus, como fez aquele mancebo de discutidas qualidades. Considerar a recomendação do apóstolo: "Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína" (1Tm 6.9).

A riqueza é um deus. Aquele que quer acumular riqueza jamais se concentrará em acumular tesouros no céu. Uma pessoa que quer olhar em duas direções ao mesmo tempo acaba por desenvolver um “estrabismo espiritual”. “Quando sofremos de estrabismo, a imagem que enxergamos é dupla e embaçada...; O esforço de servir a Deus e às riquezas, de manter-se em boas relações com ambos os mundos, ajuntar tesouros na terra e, ao mesmo tempo, ser ricos para com Deus, não passa de um estrabismo espiritual” (Comentário Bíblico F.B.Meyer).
Então!
Para quem você está olhando neste momento? Para Cristo ou para Mamom?


Fonte:
Lições Bíblicas 4º trimestre 2000 - Não terás outros deuses diante de mim - Quando a idolatria ameaça a Igreja de Cristo - Comentarista Claudionor Correa de Andrade 
[1]Retirado da revista Lições Bíblicas - Jovens e Adultos - 4º Trimestre de 2000 - Publicação Trimestral da Casa Publicadora das Assembleias de Deus
[2]Lições Bíblicas 3º trimestre 2008 - As doenças do nosso século - As curas que a Bíblia oferece - Os perigos da ambição - Comentarista Wagner dos Santos Gaby
F.B.MEYER - Comentário Bíblico Antigo e Novo Testamento - Editora Betânia
PFEIFFER .Charles.F - Dicionário Bíblico Wycliffe

Aqui eu Aprendi!

3 comentários:

  1. Verdade, Pr. Ismael! Esta é uma reflexão muito importante! Mamom tem imperado em muitos corações, como o senhor mesmo citou: "O amor ao dinheiro desperta o lado mais primitivo do ser humano. Por dinheiro, as pessoas mentem, golpeiam, dissimulam, roubam, matam, etc." Por isso, vemos o caos instaurado na economia do Pais, corrupção em todas as instancias da sociedade, famílias sendo destruídas...O amor ao dinheiro é a raiz de todos os males, já diz a palavra de Deus! Que possamos usar o dinheiro, ao invés de deixar ele nos usar. Que o tenhamos para usa-lo para glória de Deus, para abençoar outras vida, mas que o dinheiro nunca tenha o nosso coração e guie nossas decisões. Abraço fraterno para o senhor e família e parabéns pela mensagem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Paz do Senhor minha grande e estimada amiga em Cristo.
      Obrigado por tão rica participação.

      abraço fraterno
      Pastor Ismael

      Excluir

O comentário será postado assim que o autor der a aprovação.

Respeitando a liberdade de expressão e a valorização de quem expressa o seu pensamento, todas as participações no espaço reservado aos comentários deverão conter a identificação do autor do comentário.

Não serão liberados comentários, mesmo identificados, que contenham palavrões, calunias, digitações ofensivas e pejorativas, com falsidade ideológica e os que agridam a privacidade familiar.

Comentários anônimos:
Embora haja a aceitação de digitação do comentário anônimo, isso não significa que será publicado.
O administrador do blog prioriza os comentários identificados.
Os comentários anônimos passarão por criteriosa analise e, poderão ou não serem publicados.

Comentários suspeitos e/ou "spam" serão excluídos automaticamente.

Obrigado!
" Aqui eu Aprendi! "

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...